Fundos de investimentos: conheça os principais tipos
26/08/2021

Fundos de investimento dão liberdade para o empresário investir seu capital como preferir com a ajuda de especialistas.

 

Fundos de investimentosFundos de investimento são uma modalidade de aplicação coletiva de capital, da qual vários cotistas fazem parte. Por isso, são uma ótima possibilidade para quem é iniciante nesse mercado. 

As gestoras de fundos de investimentos guiam a escolha do melhor fundo para cada empresa.

 

Antigamente, colocar dinheiro na poupança era um investimento para quem não queria riscos, mas, hoje em dia, existem inúmeras opções para todos os tipos de investidores, desde os mais conservadores aos mais aventureiros. 

 

As gestoras de fundos de investimentos funcionam exatamente para guiar os empresários nas melhores opções de diversificação de seus recursos, já que têm experiência de mercado.

 

O gestor de fundos fica responsável pela administração desse capital com base nas informações e nos dados frequentes de rentabilidade, mas o primeiro passo é definir que tipo de investimento combina com o perfil do investidor. 

 

É possível dividir os fundos de investimento em quatro classes, segundo a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), sendo elas: Renda fixa, Ações, Cambiais e Multimercado.

 

  1. Fundos de renda fixa

Um fundo é considerado de renda fixa caso tenha pelo menos 80% do seu investimento em ativos desse tipo como Tesouro Direto (dívida pública) e CDB (emissão por bancos privados). 

 

Conhecido por ser o mais convervador de todos, o fundo de renda fixa tem baixo risco a curto prazo com pouca variação, o que significa que a previsão de retorno do investimento é quase certa.

 

 

      2. Fundos de ações

Indicada para investidores que gostariam de se arriscar um pouco mais, essa categoria aplica mais de 67% de seus ativos em renda variável como ações, cotas de outros fundos e bônus ou recibos de subscrição.

 

Apesar de ter um risco maior por acompanhar a Bolsa de Valores e ser de longo prazo, possui maior retorno de investimento.

       3. Fundos cambiais

Para perfis ainda mais robustos, os fundos cambiais são os que apostam mais de 80% de seus investimentos em recursos que variam com o câmbio, ou seja, dependem de fatores internacionais, em especial do dólar. Isso significa que é uma das classes de fundos mais voláteis. 

      4. Fundos multimercado

Esse fundo, diferentemente dos outros, não precisa ter uma porcentagem direcionada para algum tipo de ativo, o que significa que é livre para investir em mercados diversos, podendo ser uma mistura de todos os outros, e cabe ao gestor da carteira entender se combina com o perfil do investidor.

 

Tendo em vista a quantidade de tipos e formas de investimento, escolher uma boa gestora de recursos é fundamental para o empresário ter segurança. A CB Partners, por exemplo, visa ajudar empresas a investirem com a orientação de especialistas de um grupo com mais de 25 anos de experiência.

 

Se quiser saber mais sobre como os fundos podem ajudar você e sua empresa, acesse outros artigos do blog da CB Partners.

 

Acesse Também Nossas Redes Sociais

Curta nossa página no Facebook , siga nosso Instagram e nosso LinkedIn
E Inscreva-se no nosso Canal